É hora de expandir o negócio! Aprenda como conduzir uma entrevista de emprego

voltar

Se a sua empresa precisa contratar um colaborador, é sinal de que as coisas estão caminhando bem e é hora do seu negócio crescer. Mas, para isso, tem uma etapa importante a ser cumprida: o processo seletivo.

Este é um procedimento que precisa ser realizado de forma minuciosa por meio de várias etapas, passando pelo momento da abertura da vaga, a entrevista de emprego com os candidatos e até a efetivação desse empregado.

Talvez, a fase mais delicada seja a entrevista de emprego, já que para muitos gestores a tarefa de contratar um novo membro para integrar sua equipe e colaborar com o crescimento da empresa pode ser demasiadamente complexa e grande parte dos encarregados pela entrevista de emprego não sabem como desempenhar tal função com eficiência.

Por conta disso, caso sua empresa não conte com um profissional específico ou um setor de Recursos Humanos para realizar os processos seletivos, fique atento às nossas dicas para aprimorar suas técnicas de recrutamento. Afinal, essa responsabilidade pode gerar tanto consequências positivas como negativas para a produtividade da empresa.

1. Você também precisa estar preparado

É comum que os candidatos fiquem nervosos com o momento da entrevista de emprego e, por conta da ansiedade e insegurança, passem até mesmo dias ensaiando como irão se comportar e o que irão dizer para o recrutador. Entretanto, meu caro, não pense que é apenas o candidato à vaga que deve dedicar um tempo para se preparar para a entrevista. Então, pode arregaçar as mangas e se preparar também!!!

Como recrutador, você deve:

  • Ter em mente o perfil exato do candidato que irá preencher a vaga (suas habilidades, formação e qualificações);
  • Possuir total domínio do assunto e ter um roteiro de perguntas previamente prontas de acordo com seu currículo;
  • Manter uma postura profissional do início ao fim da entrevista;
  • Tratar com respeito todo e qualquer candidato que for entrevistado, ainda que no início da entrevista você já tenha a percepção que ele não possui o perfil para a vaga

Atenção! Demonstrar que você não sabe nada sobre o candidato no momento da entrevista pode transmitir uma mensagem de falta de consideração por ele.

Além disso, é importante ter confiança e convicção durante suas perguntas. Você não deve diminuir o candidato em hipótese alguma, mas demonstrar insegurança na frente de um possível novo colaborador, não é a melhor forma de começar uma relação profissional.

2. Evite criar um ambiente tenso

Como dissemos acima, naturalmente, o candidato estará tenso por causa da entrevista. Infelizmente, alguns recrutadores aproveitam sua posição de “superioridade” durante a conversa para deixar o ambiente ainda mais tenso e o entrevistado ainda mais inseguro. Então, não cometa este erro!

Lembre-se que a sua função é extrair o melhor de cada candidato, portanto, deixar o ambiente tenso não é vantajoso para ninguém, além de ser totalmente desnecessário. Profissionalismo é o parâmetro, mas não há problema se o recrutador trouxer um pouco de informalidade para que o candidato se sinta mais à vontade. A partir do momento em que o candidato se sente seguro, ele se torna mais confiante, age com naturalidade e a entrevista flui muito melhor para todos.

3. Seja objetivo

O momento de uma entrevista de emprego não pode ser uma batalha de ego, onde o recrutador quer mostrar que entende de um determinado assunto e acaba falando mais do que o necessário tomando o tempo do candidato e o seu próprio tempo.

Tenha um roteiro de perguntas prontas para evitar “improvisos” no momento da entrevista. Se preferir, anote e padronize as perguntas em um documento. A menos que o candidato apresente algum aspecto que realmente exija que você faça mais perguntas, evite falar demais.

4. Jamais seja preconceituoso

Na hora da entrevista, o que precisa ser avaliado são as exigências técnicas da vaga oferecida e não importa se você não gosta das roupas que o candidato está vestindo, por exemplo. Julgá-lo de acordo com a aparência pode ser considerado uma atitude anti-profissional e até mesmo precon-ceituosa.

5. Conclua a entrevista

Conclua a entrevista no sentido de finalizá-la somente quando “todos os pingos estiverem nos Is”. Faça uma pergunta objetiva que dê ao candidato a chance de demonstrar se ele realmente se conectou com tudo que foi abordado durante a entrevista.

Questione se ele tem alguma dúvida sobre as funções do cargo, a empresa, salário, benefícios, expediente, entre outros aspectos. Além disso, aproveite o momento para perguntar qual ponto da entrevista ele gostou mais. Assim, você também pode aprimorar suas técnicas de recrutamento.

Independente da empresa ter ou não um setor de RH para realizar recrutamentos, como um empreendedor responsável, você deve possuir total conhecimento e habilidades para conduzir uma entrevista de emprego. Além, é claro, de participar de todas as etapas da contratação. “Boa sorte!”.

Quer receber conteúdos exclusivos?

Junte-se a mais de 200.000 pessoas