Contador tem papel fundamental na Black Friday; Veja como orientar seus clientes

voltar

Alô, contador, imagino que os seus dias estejam corridos, estou certo? Afinal, o fim do ano já está aí e os negócios vão ganhando aquele típico alvoroço, o que para muita gente é sinônimo de mais trabalho. E uma das datas que marcam o aquecimento na comercialização em geral é a Black Friday, que este ano será no dia 26 de novembro. Então, é importante lembrar que você tem papel fundamental nesta data e pode orientar seus clientes para que consigam alcançar as metas sonhadas.

Antes de mais nada, vamos lembrar rapidamente que a Black Friday é uma tradição importada dos Estados Unidos que também passou a ser adotada no Brasil. Em sua origem, a data se refere ao dia seguinte da comemoração de Ação de Graças (celebrado na quarta quinta-feira do mês de novembro) e quando se inicia um período de vendas com grandes descontos antes do Natal.

Já no Brasil, as promoções ficaram restritas apenas a este dia específico, ou seja, é uma data que há um grande volume de negociações e, para isso, é preciso se planejar antecipadamente. E aí que entra o papel de um contador antenado e que pode ajudar os seus clientes em vários sentidos, como veremos a seguir.

Como preparar o estoque?

O contador pode ajudar o cliente a identificar quais são os produtos que costumam ter melhor saída e, desta forma, orientá-lo na hora de calcular uma estimativa de quanto será necessário estocar para esta data. Outro ponto que é bom lembrar, é que até mesmo produtos que, normalmente, tem menos saída, podem sofrer aumento nas vendas. Ou seja, também é preciso reforçar o estoque deles.

Atenção com a precificação!

Como a Black Friday é sinônimo de descontos e promoções, é muito importante acertar o preço correto para que consiga atrair clientes e ainda atingir uma boa margem de lucro. Mais uma vez, o conhecimento do contador pode fazer a diferença. Uma vez que, normalmente, há empreendedores que têm certa dificuldade em precificar. Agora imagina quando se trata de uma data que é preciso se atentar para tantos fatores distintos como: montante para investir, preço da compra antecipada, cálculo do desconto, estimativa de vendas, etc.

Outro ponto fundamental é que alguns princípios de transparência são essenciais para não comprometer a imagem da empresa. Oriente o seu cliente para que não caia em ciladas como subir o preço uma semana antes e oferecer o produto na Black Friday com o valor cobrado de costume. É preciso lembrá-lo que os consumidores ficaram mais atentos depois que foram registradas algumas fraudes como esta citada e cabe a você, contador, mostrar que é bastante possível lucrar sem querer enganar o cliente.

Nunca é demais recordá-lo sobre a importância de ser honesto e não prometer algo que ele não possa cumprir. Valores relacionados ao frete e prazos de entrega, se for o caso, devem estar claramente descritos, inclusive, com uma margem de segurança para não ter problemas.

Grande volume de notas fiscais

Aproveite o evento para orientar o seu cliente sobre a importância das notas fiscais e, consequentemente, do gerenciamento e do arquivamento destes documentos. Além disso, reforce a necessidade de fazer tudo em conformidade com a lei, pois possíveis penalizações podem tirar do negócio o valor lucrado na Black Friday ou até comprometer o seu funcionamento futuro.

Por falar em notas fiscais, em um período em que o volume de comercialização aumenta tanto, também fica claro que cresce o número de emissões das notas. Ou seja, uma plataforma como o Minha Gestão Contábil pode lhe garantir maior agilidade e segurança para atender a grande demanda de trabalho. Então, bora arregaçar as mangas e colocar a mão na massa, pois depois já vem o Natal.

Quer receber conteúdos exclusivos?

Junte-se a mais de 200.000 pessoas