Confira 5 dicas para turbinar seu desempenho na arte de vender

voltar

Quem já teve qualquer vendinha sabe que não é exagero, vender é uma arte. E, partindo deste ponto, podemos dizer também que comercializar não significa oferecer um produto ou serviço e apenas deixá-lo disponível ao consumidor.

Vender também significa apresentar seu produto ou serviço de forma atrativa, sem precisar de descontos, promoções, aumento de prazos para pagamento ou qualquer tipo de bonificação rela-cionado à venda em si.

Mas, você sabia que existem duas formas de aumentar as vendas? Você pode vender produtos ou serviços diferenciados aos mesmos clientes ou vender para novos clientes. Nos dois casos, é importante contar com conhecimento e estratégias de venda para converter mais, ou melhor, au-mentar as vendas.

Não importa se seu negócio está no meio online ou offline, para turbinar as vendas e atrair mais clientes é preciso oferecer conhecimento aos vendedores e investir em relacionamento! Confira a seguir alguns pontos importantes aos quais deve ficar atento:

1. Invista em posicionamento da sua marca

Qual é o propósito do seu produto ou serviço? Como ele resolve o problema dos seus clientes? Qual a mensagem que a sua empresa transmite? Como é a qualidade dos produtos ou serviços que você oferece no mercado?

Você já se fez estas perguntas? Depois de respondê-las você terá mais clareza de como sua marca deve representar ao seu cliente. No meio da comunicação, isso é o chamado posiciona-mento de marca. Atuar nele significa investir em divulgação e é importante procurar incluir sempre na mensagem que você transmite ao consumidor as respostas dessas perguntas e, assim, agregar valor.

Se você está com pouco orçamento para investir em agências de propaganda, que tal trabalhar o conceito da sua marca no meio digital? Hoje, com as redes sociais e a internet, todo empreendedor conta com ferramentas para investir em posicionamento de marca por meio do marketing digital.

2. Vender e fazer marketing não são a mesma coisa

Empreender muitas vezes é colocar a mão na massa em áreas que não temos muita experiência. Um exemplo disso é o marketing, que muito se confunde com vender. Saber vender não lhe torna, automaticamente, um estrategista de marketing. É importante ficar claro que são coisas diferentes. E, caso não tenha experiência nesta área, é importante buscar informações, estudar e, quem sabe, como segundo passo, avaliar se você tem recursos para contratar alguém com expertise nesse área. #ficaadica: tem um monte de cursos gratuitos que podem ajudar para você se desenvolver para criar estratégias e ações de marketing.

Afinal, é sempre bom lembrar que os possíveis clientes, na maioria das vezes, não vão aparecer aos montes se você apenas pendurar um cartaz. É preciso se capacitar para aprender a impulsionar o seu produto ou serviço e, desta forma, atingir as pessoas certas.

3. Treinamento e motivação dos vendedores

Não adianta pensar em resultados de vendas se seus vendedores não compartilham os mesmos objetivos da sua empresa e também não acreditam naquilo que estão vendendo, seja um produto ou serviço. Mas, como resolver isso?

Além de muitos treinamentos e eventos explicando a forma como seu produto ou serviço resolve os problemas do seu cliente e de qualquer pessoa, e, por conta disso, o faz ser desejado pela clientela, a motivação do vendedor também deve ser trabalhada para que ele se sinta instigado a ter bons resultados.

Traçar metas, bonificar os melhores vendedores, realizar atividades relacionadas ao bem-estar e qualidade de vida dele. E demonstrar que sua empresa de fato se preocupa com o vendedor são algumas das práticas que podem impulsionar os resultados de forma significativa.

4. Fidelize seus clientes

A fidelização dos clientes está relacionada a dois fatores: qualidade e relacionamento. Na questão dos relacionamentos, os vendedores têm um papel fundamental. Por isso, demonstrar a importância e ensiná-los a fazer um bom atendimento é outra forma de fazer com que as vendas alcancem bons resultados.

5. Respeite a concorrência

Por último, mas não menos importante, todas as atividades relacionadas às vendas devem demonstrar respeito ao concorrente. Por isso, não incentive nenhuma forma de degradação do produto ou serviço alheio tentando vender mais o seu. Demonstrar ética nas vendas também é um fator que atrai clientes, ainda mais nos dias atuais.

Quer receber conteúdos exclusivos?

Junte-se a mais de 200.000 pessoas